Rui Gabriel Caldeira

Enfant = criança, Terrible = terrível, enfant terrible, iconoclasta inconformado, perigoso ingénuo desconcertante,  Rui Gabriel S. Caldeira é Doutorado Europeu em Filosofia pela Universidade de Coimbra em conjunto com a Universidade Pompeu Fabra de Barcelona, estripa temas-limite antropológicos como a morte e a loucura, mostra as nuances da ideia de verdade e a imprevisibilidade do espírito que permitem a hipocrisia das  morais, publicou poesia e filosofia, estreia-se agora na ficção com uma novela passada em Évora de 2042 que relata a presença dos universais humanos nas sociedades do futuro, entre eles, a perda e a temporalidade, a dúvida e a decisão, o amor e a alma impura, a dualidade da consciência e a justiça, a saudade e a infinitude do espírito, o bem, o mal e a política, a mentira da verdade, todos eles condicionados e constituintes do fenómeno da escrita.

TERMOS E CONDIÇÕES  - POLITICA DE PRIVACIDADE - CONTACTOS

© 2020 por ESTREMOZ EDITORA 

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle